MADEIRA Meteorologia

Operacionalidade e investimento nos aeroportos são fatores primordiais para o PSD

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
19 Maio 2022
19:31

Tendo em conta a importância das infraestruturas aeroportuárias como principal porta de mobilidade de passageiros para a Madeira e para o exterior, não só de residentes, mas também dos milhares de turistas que nos visitam todos os anos, a operacionalidade dos aeroportos da Região foi hoje tema de debate numa reunião no âmbito do Roteiro sobre as Acessibilidades, levado a cabo pelo grupo parlamentar do PSD.

Neste encontro, marcaram presença o presidente da Comissão Executiva da ANA - Aeroportos de Portugal, Thierry Ligonnièr, a vogal da Comissão Executiva, Chloé Lapeyre, e o presidente dos Aeroportos da Madeira, Roberto Santa Clara.

Os atuais constrangimentos na operacionalidade do Aeroporto Internacional Cristiano Ronaldo foi, de acordo com o deputado Bernardo Caldeira, um dos temas em debate, tendo sido manifestada a necessidade de reforçar o atual plano de contingência, por forma a minimizar os impactos junto dos passageiros, atenuando os efeitos no destino e compensando as perdas junto das companhias e dos passageiros.

A reformulação do Aeroporto do Porto Santo, cujo projeto, segundo a ANA, está atrasado em dois anos, foi outro dos temas abordados, sendo certo, tal como referiu o deputado, que se trata de uma empreitada que terá de avançar rapidamente, pois importa oferecer melhores condições de conforto aos passageiros que transitam naquela infraestrutura.

Os deputados social-democratas defenderam, junto da Comissão Executiva da ANA, a necessidade de reduzir as taxas aeroportuárias conforme estava inicialmente estipulado, com especial incidência para as taxas aeroportuárias entre a Madeira e o Porto Santo, onde o atual valor é excessivo em comparação com as tarifas das viagens.

Como afirma Bernardo Caldeira, "a nossa ligação interilhas não pode continuar a ser penalizada com os valores praticados.

Neste encontro, o grupo parlamentar do PSD quis ainda destacar a importância que estas infraestruturas têm para a Madeira, uma região insular, onde a ANA deve ser um parceiro ativo e construtivo numa solução competitiva e atrativa do nosso destino.

Carla Sousa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas