MADEIRA Meteorologia

Motoristas em greve não se dirigiram ainda à Quinta Vigia

Data de publicação
14 Maio 2024
10:49

Sem respostas às suas reivindicações, os motoristas da Rodoeste e da CAM – Companhia de Autocarros da Madeira, que engloba a SAM e a Empresa de Automóveis do Caniço, voltam, hoje, a cumprir greve.

Recorde-se que esta paralisação e já a terceira promovida este ano pelo Sindicado Nacional dos Motoristas e Outros Trabalhadores (SNMOT), que, em nome destes profissionais, pugna por atualizações salariais e melhores condições de trabalho, equiparáveis às verificadas na Horários do Funchal.

Ao JM, a entidade sindical revelou ontem que os motoristas se iriam dirigir à Quinta Vigia, pelas 9h30 desta terça, mas, até ao momento, ainda não chegou qualquer profissional do setor.

A ideia seria pedir a intervenção de Miguel Albuquerque, a fim de “provocar” um contacto com a ACIF

Todavia, os grevistas concentram-se esta manhã no Campo da Barca, junto às instalações da Rodoeste.

Recorde-se que, como notícia hoje o seu JM, esta paralisação está a gerar tensão entre a ACIF e o SNMOT.

De notar que já foi apresentada à ACIF uma proposta de construção de um contrato coletivo de trabalho “de raiz”, porém, Manuel Oliveira, vice-presidente do SNMOT, condena que a declaração de abertura ao diálogo ainda não se tenha efetivado na marcação de uma data para as entidades se sentarem à mesa. Em reação a estas críticas, Jorge Veiga França afirmou não negociar com base em “ameaças, imposições e exigências”, pedindo que o sindicato mude de postura e apresente datas alternativas para o encontro.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas