MADEIRA Meteorologia

JSD reforça apelo Ao voto a todos os estudantes deslocados

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
06 Setembro 2021
12:22

A Juventude Social-Democrata lançou há pouco um reforço do apelo ao voto a todos os estudantes deslocados para que exerçam o seu direito de voto antecipadamente nas eleições autárquicas de dia 26 de setembro.

Na referida comunicação, a Juventude Social Democrata relembra que o exercício do direito de voto é uma conquista "várias gerações" que deve ser reafirmada a cada momento eleitoral.

Nas palavras do líder da JSD Madeira, Bruno Miguel Melim, "o contexto político que vivemos exige a mobilização dos mais jovens para que a voz dos jovens seja tida em consideração no rumo das políticas autárquicas dos próximos anos".

Mais refere que no âmbito das competências autárquicas "há um conjunto de matérias que são intimamente ligadas aos mais jovens como o ambiente, mobilidade, habitação, qualidade de vida e promoção do investimento que tem sido negligenciadas por vários municípios da Região", tendo dado o exemplo de municípios como o Funchal e Santa Cruz como a antítese daquilo que deve ser a gestão autárquica.

"Volvidos 8 anos, em autárquicas como o Funchal e Santa Cruz não se teve uma palavra para os mais jovens, nomeadamente, em matéria de habitação a preços controlados, criação de emprego ou melhorias na qualidade de vida e sustentabilidade ambiental. Contrariamente ao que se verificou, por exemplo, em Câmara de Lobos e na Calheta, municípios onde a gestão autárquica potenciou o crescimento desses concelhos, no Funchal e Santa Cruz não há um legado de conquistas e melhorias para a população mais jovem", disse.

É neste sentido que a JSD lembra que mesmo aqueles que estão deslocados do seu local de voto a 26 de setembro por motivos académicos, "podem exercer o seu direito de voto requerendo, até às 23h59 deste dia 6 de setembro enviando, por via eletrónica, um mail requerendo o voto antecipado, a que se anexa o comprovativo de matrícula e o cartão do cidadão".

Para o caso de não possuir o comprovativo de matrícula, a administração eleitoral aceita um compromisso de honra em que o estudante refere o ano, curso, faculdade e universidade em que frequentará no ano letivo 2021/2022. Concluído este processo, os estudantes que requereram o voto antecipado receberão, entre 7 e 10 de setembro, os boletins de voto na morada que indicou no continente e exerce o direito de voto entre 13 e 16 de setembro no sítio onde está deslocado.

"O poder local é a base de qualquer Democracia. Esta é uma oportunidade para mudar o rumo da história em vários municípios da Região para que os mais jovens tenham, através da ação do poder local, melhoria significativas na qualidade de vida. Não podem faltar à chamada" - conclui o líder da JSD/Madeira.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas