MADEIRA Meteorologia

Câmara do Funchal investe 1,4 ME na requalificação de bairro social do Palheiro Ferreiro

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
02 Setembro 2021
14:30

A Câmara Municipal do Funchal vai lançar um concurso público para a reabilitação de um bairro social no valor de 1,4 milhões de euros, indicou hoje o presidente da autarquia, sublinhando que o projeto foi aprovado por unanimidade.

"São 70 fogos que serão intervencionados no bairro do Palheiro Ferreiro", disse Miguel Silva Gouveia, após a reunião do executivo camarário, que decorreu em regime presencial, após vários meses em videoconferência devido à pandemia de covid-19.

O autarca, da coligação Confiança (PS/BE/PDR/Nós, Cidadãos!), explicou que a empreitada visa a recuperação das fachadas do bairro, localizado na freguesia de São Gonçalo, com intervenção ao nível das caixilharias de janelas e portas, para dotar as habitações de melhor conforto térmico e acústico, a impermeabilização das coberturas e a instalação de painéis solares.

O projeto foi aprovado por unanimidade, num executivo composto por seis elementos da Confiança, quarto do PSD e um do CDS-PP.

Miguel Silva Gouveia indicou, por outro lado, que foi também aprovada por unanimidade a continuação da obra da Estação Elevatória de Águas Residuais na foz da Ribeira dos Socorridos, na zona oeste do Funchal, que estava suspensa há cerca de um ano e meio.

Os trabalhos foram interrompidos pelo facto de o solo, perto da Central Termoelétrica da Vitória, se encontrar contaminado por hidrocarbonetos, o que motivou uma empreitada de descontaminação liderada pelo Governo Regional.

O processo ficou concluído em agosto e a autarquia vai agora retomar a obra, orçada em 3 milhões de euros, que integra o projeto de requalificação da Estação de Tratamento de Águas Residuais do Funchal e do exutor submarino localizado na zona leste da cidade.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas