MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

Investigadora

5/02/2024 07:30

A sabedoria popular é sempre certeira, disso ninguém tem dúvidas e, por aqui, onde os dias são estendidos, Janeiro ofereceu-se solarengo e apetitoso, convidando a banhos de mar. Dizem os mais vividos que é coisa rara. Raro, foi também ter sido importunada num Domingo pachorrento e de sol morno por um caminhante que à força toda desejava saber o que fazia ali só, estendida ao sol numa praia praticamente vazia. Nunca tal me tinha acontecido e confesso que não estimei o atentado ao meu sossego e solidão. Não querendo ser antipática, arrumei a trouxa e abalei. Todavia, e entre dentes, lancei-lhe alguns impropérios. Querem ver que agora já nem se pode disfrutar da praia em boa companhia, isto é, sozinha??!!

Raro é também o número de pessoas que vão ao cais. São uma espécie de peregrinos, uns cinco ou seis, não mais, que todos os dias, pisam aquele cordão umbilical que liga a terra ao mar, ora fustigado pelas ondas enfurecidas e livres, ora mimado pela espuma angélica e pueril das marés mansas. Cada um escolhe a sua hora própria. Há quem vá logo cedo, ainda o sol desponta no ilhéu do Farol, outros optam pelo meio-dia, aproveitando o vigor do astro escaldante e outros preferem o entardecer e/ou a golden hour. Nem esbarram uns nos outros, porque isto de rezar, como bem sabemos, além de ser um acto íntimo, é quase sempre feito às escondidas. O importante, é orar! E ir ao cais!

E porque não só de recolhimento, vive o homem, a malta abriu os festejos carnavalescos com um baile dos Anos 70, lá para os lados da Camacha. A música estava a preceito: ABBA, Bee Gees, Gloria Gaynor, Cliff Richard, etc., etc. e até houve algumas acrobacias na pista de dança para regalo dos convivas. Gente nova, gente de meia-idade e outros que nunca revelam a idade, dançaram até às 2h da madrugada, sob um céu estrelado e uma lua cheia que tingia de prateado a colina do Pico Castelo.

Janeiro está a findar e ouvi dizer que o Campo de Golfe recebe cerca de 150 jogadores por dia. Nunca imaginei tamanha afluência, mas fico contente por irem todos para lá e deixaram a praia sossegada. Já me inscrevi no Sporting (para grande satisfação do meu pai, duplamente leão) e até vou começar nas aulas de pintura. Quem te viu e quem te vê, já dizem alguns!! A leitura está em dia, ou melhor dizendo, estou a esgotar o lote de livros que trouxe. Sim, já pedi reforço! Aproveito para recomendar o vencedor do prémio Oceanos: Siríaco e Mr. Charles de Joaquim Arena. Comprem! Não se vão arrepender.

Ah, já me esquecia de dizer que o meu carteiro, avisado da minha mudança de endereço postal e cumprindo as suas funções, já fez chegar uma encomenda. E que bela e doce encomenda! Quanto ao resto, correm os dias escancarados e simples – pois tal como escreveu Walt Whitman, “simplicity is the glory of expression”.

OPINIÃO EM DESTAQUE
Gestor do Europe Direct Madeira
29/02/2024 08:00

O mês que agora termina fica indubitavelmente marcado pelos debates televisivos em catadupa, embora a música não tenha fugido muito ao que era esperado:...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O que se segue à demissão de Miguel Albuquerque?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas