MADEIRA Meteorologia

Jornalistas entre detidos em ação em Moscovo que pedia regresso de soldados

Data de publicação
24 Fevereiro 2024
14:59

A polícia russa deteve hoje várias pessoas, incluindo jornalistas, numa manifestação de mulheres de soldados que exigiam o seu regresso da Ucrânia ao fim de dois anos de conflito, de acordo com agências internacionais e a comunicação social local.

De acordo com a agência France-Presse (AFP), as mulheres destes soldados destacados em território ucraniano têm depositado, todos os sábados, flores no túmulo do soldado desconhecido, numa ação simbólica junto ao Kremlin.

A AFP diz ter sido alertada, a par de outros órgãos de comunicação social, pela polícia para não assistir a estes encontros, remetendo para detenções noticiadas pelos portais Sota e Sotavision.

Os vídeos partilhados por estes portais mostram polícias a deterem várias pessoas, incluindo duas com coletes amarelos com a identificação de imprensa rasurada e que se dirigiam para o encontro semanal deste movimento junto ao túmulo do soldado desconhecido.

A Sotavision referiu que dois dos seus repórteres estão entre os detidos.

Uma das mulheres dos soldados destacados na Ucrânia disse à Sotavision que conseguiram depositar flores, mas num contexto controlado e acompanhadas de perto por agentes da autoridade.

“Hoje em dia, a simples colocação de flores é uma ação cívica que não está isenta de riscos”, afirmou a ativista, que não foi identificada.

Num outro vídeo, um agente da polícia ordena uma jornalista da Sotavision que desligue a câmara enquanto está a ser detida, sob ameaça de ser alvo de um processo judicial.

“Menina, pare de filmar! Repito. Está oficialmente avisada. Se não cumprir as exigências de um agente da polícia, será acusada de desobediência à ordem” de um polícia, ouve-se um agente a dizer.

A ofensiva militar russa no território ucraniano, lançada a 24 de fevereiro de 2022, mergulhou a Europa naquela que é considerada a crise de segurança mais grave desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Os aliados ocidentais da Ucrânia têm fornecido armamento a Kiev e aprovado sucessivos pacotes de sanções contra interesses russos para tentar diminuir a capacidade de Moscovo de financiar o esforço de guerra.

O conflito – que entra agora no terceiro ano - provocou a destruição de importantes infraestruturas em várias áreas na Ucrânia, e um número por determinar de vítimas civis e militares.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas