MADEIRA Meteorologia

Israel: UNRWA denuncia morte de mais 12 funcionários nos ataques à Faixa de Gaza

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
22 Outubro 2023
16:22

A Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinianos (UNRWA) disse hoje que já tinham morrido 12 funcionários da entidade nos últimos ataques israelitas ao enclave, elevando o total para 29 desde o início da ofensiva.

"Estamos em choque e de luto. Foi agora confirmado que 29 dos nossos camaradas em Gaza foram mortos desde 07 de outubro. Metade destes colegas eram professores da UNRWA. Como agência, estamos devastados e choramos com as famílias", disse a agência, na rede social X (antigo Twitter).

Cerca de 1,4 milhões de palestinianos foram deslocados pelos bombardeamentos israelitas à Faixa de Gaza, de acordo com o último balanço da agência da ONU, citado pela Europa Press.

O grupo islamita Hamas lançou em 07 de outubro um ataque surpresa contra o sul de Israel com o lançamento de milhares de foguetes e a incursão de milicianos armados, fazendo duas centenas de reféns.

Em resposta, Israel declarou guerra ao Hamas, movimento que controla a Faixa de Gaza desde 2007 e que é classificado como terrorista pela União Europeia e Estados Unidos, bombardeando várias infraestruturas do grupo na Faixa de Gaza e impondo um cerco total ao território com corte de abastecimento de água, combustível e eletricidade.

O terminal de Rafah, no sul de Gaza, passagem para o Egito, vai permitindo que a ajuda humanitária chegue ao território palestiniano.

O conflito já provocou milhares de mortos e feridos, entre militares e civis, nos dois territórios.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora do Centro de Estudos de Bioética – Pólo Madeira
11/04/2024 08:00

A finitude da vida é um tema que nos confronta com a essência da nossa existência, levando-nos a refletir sobre o significado e o propósito da nossa passagem...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas