MADEIRA Meteorologia

Dois tunisinos indiciados por associação criminosa relacionada com ataques em Bruxelas

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
24 Outubro 2023
8:48

Dois tunisinos que vivem na região de Paris e "provavelmente ligados ao autor do ataque" cometido em 16 de outubro em Bruxelas, foram indiciados por um juiz de instrução parisiense, segundo a Procuradoria Nacional Antiterrorismo francesa (Pnat).

Apresentados na segunda-feira a um juiz de instrução, foram indiciados por associação criminosa terrorista e por cumplicidade em homicídio relacionado com o ataque, tendo ficado em prisão preventiva, segundo informação disponibilizada pela Pnat à agência de notícias France Presse (AFP).

Um dos suspeitos de cerca de 40 anos, que "vive em França há quase 20 anos", "contesta formalmente" as acusações, garantiu o seu advogado à AFP.

"Ele não tem nada a ver com o ataque. O agressor é um amigo que conhecia há muito tempo, em quem não via qualquer sinal de radicalização. Nunca poderia ter imaginado tal ato", disse Souleymen Rakrouki.

Os advogados do outro cidadão tunisino com cerca de 50 anos não quiseram comentar.

Segundo a Pnat, as investigações continuam a averiguar as ligações dos dois homens a Abdesalem Lassoued, um tunisiano radicalizado de 45 anos, que terá matado os dois cidadãos suecos.

O ataque ocorreu perto do centro de Bruxelas pouco antes de um jogo de futebol entre a Bélgica e a Suécia e teve como alvo os adeptos suecos.

O alegado agressor, que há mais de um ano era alvo de um pedido de extradição da Tunísia, foi morto a tiro em 17 de outubro pela polícia belga.

Em Paris, foi aberta uma investigação em 17 de outubro, na sequência de informações "transmitidas pelas autoridades judiciais belgas", informou a Pnat.

Quatro pessoas "provavelmente ligadas ao autor do ataque" foram detidas na quinta-feira em Loire-Atlantique, Maine-et-Loire e na região de Paris.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas