MADEIRA Meteorologia

DeSantis promove "coligação de xerifes" dos EUA contra "colapso" da fronteira com México

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
22 Junho 2023
16:35

O governador da Florida, Ron DeSantis, candidato à presidência norte-americana nas eleições primárias Republicanas, anunciou hoje que mais de 90 xerifes de todo o país formaram uma "coligação" para proteger a comunidade dos "estragos do colapso da fronteira" com o México.

DeSantis, que tem a imigração ilegal como um dos "cavalos de batalha" da sua campanha presidencial de 2024, disse em comunicado que a coligação é o resultado de uma reunião que teve há duas semanas no Arizona com xerifes desse estado e dos do Novo México, Texas, Georgia e Idaho.

"A imigração ilegal não só devastou as comunidades ao longo da fronteira sul, mas também prejudicou os estados em todo o país com o influxo mortal da [droga sintética] fentanil traficada por cartéis e trouxe taxas mais altas de crimes violentos", disse DeSantis.

O gabinete do governador divulgou uma carta dos xerifes que fazem parte da coligação, maioritariamente da Florida, mas também de estados fronteiriços como o Arizona, Califórnia, Texas e Novo México.

Também inclui xerifes de outros Estados dos EUA, do Oregon à Geórgia, passando por Nova Iorque, Virgínia, Nova Jérsia, Oklahoma, Arkansas, Ohio, Illinois, Dakota do Norte e do Sul, entre outros.

Na carta, os xerifes afirmam que o governo federal não cumpriu a responsabilidade de proteger as fronteiras do país e que as consequências da sua "abdicação" nessa área se fazem sentir em todo o país.

"Como xerifes, estamos gratos pelo facto de a Florida ter reconhecido a crise na nossa fronteira e estamos a trabalhar para devolver a lei e a ordem às nossas ruas", afirmam, num texto repleto de elogios a DeSantis e de críticas à administração do Presidente Democrata, Joe Biden.

Os xerifes concluem a carta com um apelo a outras agências de segurança para que se juntem à Florida no combate à crise fronteiriça.

Antes de entrar na campanha eleitoral, o governador da Florida promoveu uma das leis mais duras do país contra a imigração ilegal, que entrará em vigor a 01 de julho.

DeSantis também se juntou à iniciativa do governador do Texas, o Republicano Greg Abbott, de enviar requerentes de asilo e imigrantes sem documentos para estados e cidades controladas pelos democratas.

Em 2022, DeSantis enviou 50 venezuelanos para o estado do Massachusetts com dinheiro público da Florida e já este ano encaminhou outro grupo de imigrantes para a Califórnia.

LUSA

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas