MADEIRA Meteorologia

Acusado de homicídio em 1.º grau homem detido por matar 10 pessoas em Buffalo

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
19 Maio 2022
16:00

O homem detido após um tiroteio em que morreram 10 pessoas num supermercado de Buffalo, no estado norte-americano de Nova Iorque, compareceu hoje em tribunal, depois de um grande júri o ter acusado de homicídio em primeiro grau.

O procurador-adjunto Gary Hackbush disse que a acusação de Payton Gendron, de 18 anos, foi entregue ao tribunal na quarta-feira.

Gendron, que já tinha estado antes numa sessão anterior no tribunal onde o seu advogado pediu que fosse considerado inocente, ficou em silêncio durante toda a audiência e voltou para a prisão.

Dez pessoas foram mortas e outras três ficaram feridas num tiroteio, sábado, num supermercado de um bairro predominantemente habitado por população negra.

As autoridades continuam a investigar a possibilidade de crimes de ódio e acusações de terrorismo.

Algumas mensagens de Gendron em redes sociais indicam que planeou o assalto depois de se ter apaixonado pela ideologia supremacista branca que encontrou ‘online’.

O comissário da polícia de Buffalo, Joseph Gramaglia, disse que os investigadores estão a trabalhar para obter, verificar e rever as publicações ‘online’ do acusado.

A governadora de Nova Iorque, Kathy Hochul, autorizou a procuradora-geral do estado, Letitia James, a investigar as redes sociais usadas por Gendron para determinar se podem ser responsáveis por "fornecer uma plataforma para planear e promover a violência".

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas