MADEIRA Meteorologia

Sancha Campanella diz que melhorar acesso à habitação é compromisso do PS

Data de publicação
23 Abril 2024
18:40

A resolução dos problemas da habitação constitui uma das grandes prioridades da candidatura do PS-Madeira às eleições legislativas regionais de 26 de maio, garantiu hoje Sancha Campanella, em declarações enviadas ao JM.

Na nota divulgada, os socialistas afirmam não aceitar que, “ao fim de quase 50 anos de governação, os sucessivos executivos do PSD não tenham sido capazes de implementar as medidas necessárias para garantir a todos os madeirenses as condições dignas de habitação”, pelo que assumem esta questão como um desígnio.

Esta tarde, numa ação de contacto com a população na zona da Ajuda, na qual esteve também o candidato a presidente do Governo Regional, Paulo Cafôfo, a candidata Sancha de Campanella reafirmou o compromisso do partido de melhorar o acesso à habitação, com medidas muito concretas, tais como a criação de uma garantia pública para o financiamento do crédito à habitação. Como explicou, a medida destina-se a cidadãos até aos 40 anos que pretendam adquirir a primeira casa e visa, desta forma, permitir que consigam obter um financiamento bancário de 100%, sem que tenham de dar a entrada inicial.

“Consideramos que esta é uma solução da maior importância para os jovens e para as famílias da classe média”, referiu Sancha de Campanella, lembrando que estas são as duas franjas da população que mais sentem dificuldades e que, em muitos casos, estão mesmo impedidas de comprar casa. “Cada vez mais, vemos os preços das habitações a disparar – sendo a Madeira a região com os valores mais elevados, a seguir a Lisboa –, o custo de vida a aumentar e os madeirenses continuam com os rendimentos mais baixos do País”, observa a socialista, vincando que a solução preconizada pelo PS visa, precisamente, ir ao encontro das necessidades destas pessoas.

A candidata lembra que, se não fossem as verbas do Plano de Recuperação e Resiliência, a ação do Governo Regional em termos de habitação tinha sido quase nula e adianta que, além da garantia pública para o financiamento, é também objetivo do PS celebrar contratos-programa com as autarquias para a construção de mais habitações a custos controlados, bem como, ainda, requalificar o edificado existente.

Por outro lado, atendendo igualmente ao recrudescimento dos preços das rendas, os socialistas comprometem-se a aumentar os apoios ao arrendamento.

“A habitação digna é um direito de todos e o compromisso do Partido Socialista é fazer com que esse direito seja observado”, referiu Sancha de Campanella, frisando que é tempo de virar a página na Região e que isso só é possível com um Governo do PS.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas