MADEIRA Meteorologia

PS defende aumento dos apoios concedidos à Universidade da Madeira

Data de publicação
15 Fevereiro 2024
17:44

A candidatura do PS à Assembleia da República esteve, hoje, reunida com o reitor da Universidade da Madeira (UMa).

Na ocasião, os socialistas recordaram os apoios concedidos à UMa, destacando o contrato-programa recém celebrado que prevê um reforço de financiamento na ordem dos 30%, defendendo que estas verbas “deviam continuar a ser aumentadas” e, consequentemente, desafiando o Governo Regional “a assumir a parte que lhe compete”.

Considerando que a Universidade da Madeira é uma “instituição estruturante para o desenvolvimento da Região, mas afetada pelos sobrecustos da insularidade”, Paulo Cafôfo reconheceu o supracitado contrato-programa, afirmando que o pretendido “é reforçar este apoio”.

O líder socialista aproveitou, ainda, para enfatizar a importância da referida instituição de ensino na qualificação dos madeirenses, embora considere que é “também importante que a universidade seja atrativa para alunos continentais e estrangeiros”, sublinhando que esse fator “é tido em consideração pelo Governo da República”, uma vez que “já aprovou três contratos no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência no valor de 10 milhões de euros para duplicar o número de camas nas residências universitárias”, expressou.

Com base nestes apoios do Governo da República, Cafôfo desafiou o Governo Regional a “corresponder da mesma forma”.

O cabeça de lista do PS lembrou ainda a comparticipação em 50% na construção do novo hospital por parte do Governo da República e que “o curso de medicina custa um milhão de euros à UMa”, considerando “necessário que haja uma aposta do Governo Regional no sentido de ajudar a tornar a academia numa universidade de referência e com uma colaboração estratégica com a unidade hospitalar”.

Neste sentido, Paulo Cafôfo reforçou que “ao invés de o Governo Regional gastar tanto dinheiro em tanta coisa supérflua, o investimento de 1 milhão de euros seria estruturante para a UMa, para a qualificação da população, para tornar a universidade e o hospital num centro de referência e, simultaneamente, resolver algumas carências que a Região apresenta na área da Saúde, como a falta de médicos”, rematou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas