MADEIRA Meteorologia

MPT defende reformas dignas para as pessoas poderem “ser felizes”

Data de publicação
15 Maio 2024
11:29

O cabeça de lista do MPT – Partido da Terra às eleições antecipadas na Madeira visitou hoje de manhã o Mercado das Lavradores, no Funchal, onde falou com comerciantes já aposentadas para defender remunerações dignas para os reformados.

“Esta senhora que está aqui é obrigada a trabalhar, tem uma reforma muito, mas mesmo muito baixa, não pode cuidar dos seus netos”, afirmou o cabeça de lista do MPT, Válter Rodrigues, considerando que “as pessoas com esta idade deviam ter reformas em condições e deviam poder ser felizes”.

Em declarações aos jornalistas durante a visita ao Mercado dos Lavradores, o candidato defendeu ser necessário não só reduzir a idade da reforma, como também atribuir “reformas dignas para as pessoas poderem estar em casa, poderem ser felizes”.

“Porque as pessoas não são felizes, não conseguem comprar alimentos, não conseguem comprar o peixe, a carne, os produtos essenciais cada vez são mais caros”, reforçou.

Válter Rodrigues referiu que uma reforma digna deve ser, pelo menos, equivalente ao salário mínimo, ressalvando, no entanto, que mesmo esse valor não é suficiente e que é necessário também “arranjar complementos para a medicação, para o tratamento de doenças”, entre outros.

Na ação de campanha, o candidato apelou para que os eleitores votem em partidos “que não utilizam o dinheiro dos contribuintes” e realçou que uma das causas do MPT é o aumento das reformas.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas