MADEIRA Meteorologia

IL: “É imperativo” que o CDS-M deixe de prometer em sede de campanha o que vetou “enquanto muleta do Governo do PSD”

Data de publicação
18 Abril 2024
12:59

A Iniciativa Liberal Madeira diz ser “imperativo” que o CDS-PP Madeira “refine urgentemente os seus ‘soundbytes’, deixando de prometer em sede de campanha eleitoral aquilo que vetou enquanto muleta do Governo do PSD”.

Palavras que surgem depois de José Manuel Rodrigues ter proposto redução do IVA nos 30%.

O partido, pese embora sublinha que José Manuel Rodrigues está “finalmente” a pensar bem, recorda alguns pontos, nomeadamente que “há cerca de dois meses votou contra a proposta de descida do IRS e do IVA apresentada pela Iniciativa Liberal na Assembleia Regional”; assim como “as isenções de IMT e de IMI são da competência exclusiva da Assembleia da República (e o novo Governo da República já anunciou a primeira)”.

Além disso, aponta que “o novo Governo da República já anunciou o fim da contribuição extraordinária sobre o Alojamento Local”.

A finalizar, o IL aponta que a “era de ‘slogans’ vazios e de estar com um pé no Governo e o outro na oposição acabou. É altura de Fazer a Diferença!”, remata.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas