MADEIRA Meteorologia

Deputado madeirense do Chega acusa Montenegro de não saber o que é a autonomia

Carla Sousa

Jornalista

Data de publicação
11 Abril 2024
18:26

O primeiro dia de debate do Programa de Governo demonstrou, na opinião de Francisco Gomes, que, no que toca à autonomia e aos interesses da Madeira, “o PSD não é só um partido sem respostas para as preocupações e as prioridades da Região, mas é também um partido que insiste numa linha de distanciamento quanto à regiões atlânticas, como se Portugal e a Europa terminassem nos limites marítimos da parcela continental do território nacional”.

O deputado madeirense do Chega acusa ainda o PSD e CDS de não terem “nenhuma resposta para temas como a ligação marítima, a simplificação dos subsídios às passagens aéreas, o aprofundamento dos poderes dos órgãos de governo próprio, a valorização da plataforma continental, o método de revisão da Lei das Finanças Regionais, a urgente revisão constitucional e a valorização dos serviços da república na Região, em especial as forças de segurança e os funcionários judiciais”.

Numa nota enviada à redação, Francisco Gomes diz que “fica a ideia de que o Governo do PSD e do CDS, muito à semelhança do Governo PS que o antecedeu, não sabe o que é a Autonomia Política, não se interessa com a Autonomia Política e não está minimamente vocacionado para o aprofundamento político e praxístico que a Autonomia exige”.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas