MADEIRA Meteorologia

Centro de Investigação da UMa e empresa nacional criarão criptomoeda própria para a Madeira

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
24 Maio 2022
16:09

Numa altura em que cada vez mais se analisa a importância das criptomoedas, a Madeira poderá ter, em breve, a sua própria moeda digital. O projeto está a ser estudado pelo novo Centro de Investigação da Universidade da Madeira, OSEAN, hoje apresentado, em parceria com a empresa nacional da área da cibersegurança ‘Naoris Protocol’, fundada por David Carvalho.

Este responsável explicou que serão investidos 60 milhões de euros neste projeto que passará não somente pela criação da criptomoeda, como também por todo o suporte tecnológico de segurança.

Com o valor transacionável de um euro, a moeda que poderá se chamar ‘OSEAN’ vai dinamizar a economia local, através de transações mais facilitadas. Para além disso, será uma moeda que vai ‘obrigar que o dinheiro fique na Região, de uma forma muito simples, sem a necessidade de cartões e sem ligação bancária.

Será através de uma aplicação com leitor QR em que, em qualquer situação, o utilizador pode fazer pagamentos, como num supermercado, no alojamento local ou restaurante. David Carvalho exemplificou com um turista que esteja na Região, em que pode converter o seu dinheiro em ‘OSEAN’

A ideia é que, depois de apresentado ao Governo, o projeto seja posteriormente gerido pela Região.

Saliente-se que este projeto e o novo centro de investigação da UMa foi apresentado na segunda sessão do programa europeu INCORE (Innovation Capacity Building for Higher Education in Europe’s Outermost Regions), que visa estimular a capacidade empreendedora dos estabelecimentos de ensino superior das regiões ultraperiféricas da Europa.

Eduardo Leite, responsável pelo novo centro de investigação, explicou que este organismo surge no âmbito do projeto europeu em causa, desta feita relacionado com áreas como o empreendedorismo, economia verde, digitalização, entre outros.

É também dado apoio a startups desenvolvidas na Universidade ou outras emergentes, como a de David Carvalho. "Estamos a acompanhar o processo da ‘cripto currency’ como centro de investigação", disse ainda

Paula Abreu

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas