MADEIRA Meteorologia

"Aeronaves a voar para a Madeira estão com ocupações acima dos 90%", Eduardo Jesus

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
21 Julho 2021
14:24

O secretário regional que tutela o Turismo considera que estão criadas as condições para um bom verão em termos turísticos, ressalvando que essa expetativa está, naturalmente, dependente da evolução da pandemia, nomeadamente nos mercados emissores, constatando, ainda, que os atuais indicadores são animadores, com as aeronaves a voar com ocupações acima dos 90%.

"Tudo indica, não havendo mais algum passo a trás, que estão criadas as condições para termos um bom verão", disse Eduardo Jesus, à margem da cerimónia de entrega de mais um ‘Certificado Madeira Safe to Discover’, no caso à Agência de Viagens Euromar.

O governante diz que "temos vindo a recuperar operações, a consolidar operações e a perspetivar já a continuidade de algumas para o período de inverno".

Especificando, partilhou que "este mês de julho, o número de lugares na aviação - que são neste momento os indicadores que temos - está quase em linha com os lugares que tínhamos em 2019. O mês de agosto estamos ligeiramente acima, o que significa que a Madeira respondeu muito rapidamente. Ou seja, havendo possibilidade de os mercados de origem concretizarem a viagem, a Madeira responde muito rapidamente a essa mesma procura".

"Temos vindo a acompanhar junto do setor, na Madeira e no Porto Santo, a evolução das reservas e esta está a ser uma semana onde frequentemente onde o ritmo de reservas está a ser superior às semanas anteriores, e esse é um indicador que reforça essa nossa perspetiva", disse ainda.

Ora, "quando ligamos a esta tendência de reservas que estamos a assistir leva-nos a crer que essa oferta de lugares terá a correspondente procura".

Ademais, "neste momento é preciso ter em conta que a ocupação das aeronaves que estão a trabalhar com a Madeira tem sido muito boa. Estamos a falar de ocupações acima dos 90%, regra geral", o que "confirma que o momento é bom para nós, mas naturalmente estamos sempre vulneráveis a qualquer alteração na pandemia".

Em relação ao ‘Certificado Madeira Safe to Discover’, "nesta situação pandémica, é muito importante que os destinos deem sinais de que existe uma preocupação e uma prática, no que diz respeito à segurança das pessoas, contra os riscos biológicos. E esta aposta da certificação do setor, aqui na Madeira e no Porto Santo corresponde exatamente a essa preocupação".

Além do mais, "tem sido bem acolhida e verificamos que quem comercializa a Madeira capta muito rapidamente a importância desta preocupação de estarmos a certificar o setor, como garantia de confiança com os seus clientes, e isso é uma vantagem competitiva que a Madeira tem neste momento, perante os outros destinos".

"E interessa-nos que esta certificação seja o mais variada possível, e é por isso que hoje já temos vários ramos de atividade deste setor certificados e outros em curso, que espelha, essa grandeza de afirmar a madeira como destino seguro", disse ainda Eduardo Jesus.

E nesse propósito de destino seguro, entra também a continuidade da realização dos testes PCR nos aeroportos. "São testes que constituem uma segurança", relevou, referindo que "temos essa preocupação em gerir o dia a dia tendo em atenção a situação epidemiológica nas origens e depois fazermos uma gestão muita tática e sempre dia em dia, em função dessas origens".

Por David Spranger

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas