MADEIRA Meteorologia

Ucrânia: Nova Zelândia vai formar militares ucranianos

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
23 Maio 2022
12:59

O Governo da Nova Zelândia anunciou hoje que vai enviar para o Reino Unido cerca de 30 instrutores militares para treinar artilheiros ucranianos.

Estes instrutores da Nova Zelândia vão formar cerca de 230 militares ucranianos que servem na artilharia a utilizarem os canhões ligeiros de 105 mm L119, segundo informou o executivo neo-zelandês.

As armas foram concebidas no Reino Unido nos anos 1970, sendo que as alterações aos modelos mais atuais foram efetuadas pelos Estados Unidos.

O treino aos militares ucranianos vai prolongar-se até ao final do mês de julho.

A Nova Zelândia já enviou um avião Hércules C-130 e militares para a Europa para missões logísticas e de recrutamento de apoio a Kiev.

A guerra na Ucrânia, iniciada em 24 de fevereiro, causou já a fuga de mais de 14 milhões de pessoas de suas casas - cerca de oito milhões de deslocados internos e mais de 6,3 milhões para os países vizinhos -, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Também segundo as Nações Unidas, cerca de 15 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas