MADEIRA Meteorologia

Governo dos Açores determina alterações no desembarque de atum na região

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
25 Julho 2021
15:26

O Governo dos Açores estabeleceu alterações no desembarque de atum, determinando que deve ser feito na Madalena do Pico "até um máximo de 40 toneladas", durante quatro dias, foi hoje divulgado.

Em comunicado, o governo esclarece que, por outro lado, "o desembarque de atum com destino ao entreposto de Ponta Delgada, apenas pode ser efetuado até um máximo de duas toneladas por embarcação e por descarga".

A medida, decidida "com a concordância dos parceiros", surge numa altura em que "apenas os entrepostos de Ponta Delgada e da Madalena do Pico estão operacionais", com a taxa de ocupação do primeiro a atingir os 85% e o segundo a ficar nos 7%.

Isto, "em conjunto com as quantidades desembarcadas de Atum Bonito nos últimos dias, levou a que se tomassem medidas com caráter extraordinário", explicou o executivo na nota de imprensa.

Foi igualmente determinado que será atribuída uma compensação, a pagar no final da safra, às embarcações que tenham de se deslocar à Madalena do Pico e São Jorge para descarga, "de acordo com o número de milhas que serão obrigados a percorrer", acrescentou.

"A safra do Atum na Região Autónoma dos Açores é uma operação chave para a economia Regional, que envolve diversos setores de atividade, exigindo por isso uma grande coordenação de todos", justificou.

O Governo indicou ainda que "os constrangimentos provocados pela falta de disponibilidade de congelação e armazenamento de tunídeos na região têm obrigado a um acompanhamento semanal da Secretaria Regional do Mar e das Pescas, através da Direção Regional das Pescas, da Federação das Pescas dos Açores, APASA e Lotaçor".

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas