MADEIRA Meteorologia

Fábio Pereira considera que o “Marítimo tem de ganhar sempre”

Data de publicação
10 Fevereiro 2024
11:37

No lançamento da partida de amanhã frente ao Paços de Ferreira, que se realiza às 14 horas, o treinador do Marítimo confessou que a pressão que existe no clube é significativa, mas garante que tem de ser sempre assim face à dimensão do emblema que representa e conhece bem.

“No Marítimo a pressão é sempre grande, é sempre com a pressão de ganhar sempre. Este jogo é o mais importante de todos porque o próximo. Sabemos o nosso caminho e onde queremos chegar. Vamos encarar este jogo como sendo o mais importante de todos”, concluiu.

Fábio Pereira assume que a equipa não está na posição que devia, mas o mais relevante será estar em lugar de promoção à I Liga na última jornada. “Como tenho dito sempre, a II Liga é muito competitiva, à semelhança dos jogos do fim de semana anterior. Não adianta estarmos em primeiro a 14 jornadas do fim. Adianta estar em primeiro na última jornada”, ainda que confesse ser mais confortável “ocupar esses lugares” e arremata. “Temos de ganhar todos os jogos que temos pela frente”.

Questionado sobre se vai apostar num esquema 4x4x2, ou 4x3x3, o treinador do Marítimo diz que ainda não decidiu como vai defrontar o Paços de Ferreira. “O posicionamento da equipa normalmente tem a ver com aquilo que os adversários vão fazer. Contra o Benfica B, manter dois jogadores em cunha no processo ofensivo. No próximo não está decidido qual será o sistema”, garante.

Clima preocupa técnico

O mau tempo que se tem registado no norte do país, preocupa o técnico verde-rubro, que faz questão de alertar os seus jogadores para esse efeito. “Sabemos que podemos sentir dificuldade com a intempérie do norte do país, muita chuva. Estamos preparados para todos os obstáculos e fazer o nosso jogo com a ambição de conquistar os três pontos”.

Fábio Pereira elogiou depois o Paços de Ferreira. “É um adversário que tem a ambição de regressar à I Liga o mais rápido possível. Está atrasado na tabela classificativa”, defende. Mesmo assim, não é um adversário que se possa desvalorizar. “É um adversário forte e com caraterísticas semelhantes ao que encontramos em Vila das Aves, portanto, é uma equipa madura e experiente. Respeitamos o adversário, mas queremos dar sequência à última vitória que conseguimos no último fim-de-semana. Queremos impor o nosso jogo”, finalizou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O que se segue à demissão de Miguel Albuquerque?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas