MADEIRA Meteorologia

Adepto do Manchester United banido dos estádios quatro anos por ofensas ao Liverpool

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
19 Junho 2023
16:44

Um adepto do Manchester United está proibido de frequentar estádios de futebol durante quatro anos, por usar uma camisola a ironizar com o número de adeptos do Liverpool que morreram no desastre de Hillsborough, decidiu hoje um tribunal londrino.

James White, de 33 anos, usou uma camisola dos 'red devils' com o número 97 e a inscrição "Not Enough" (não chega), durante a final da Taça inglesa contra o Manchester City, disputada em Wembley em 03 de junho e que terminou com a vitória dos 'citizens' de Bernardo Silva e Rúben Dias.

Várias fotografias e vídeos do homem foram lançadas nas redes sociais, com a polícia a encontrá-lo e a levá-lo à justiça, devido à alusão à tragédia de Hillsborough, em Sheffield, quando quase uma centena de adeptos do Liverpool - o grande rival do Manchester United - morreram esmagados devido ao excesso de lotação nas bancadas do recinto.

Inicialmente, o adepto do clube de Bruno Fernandes e Diogo Dalot disse às autoridades que o número 97 tinha sido escolhido para homenagear o seu avó, que faleceu com 97 anos, e que a inscrição "Not Enough" era alusiva ao facto de ele não ter tido filhos suficientes.

Porém, na sessão do tribunal de Willesden, no noroeste de Londres, James White declarou-se culpado de usar "uma inscrição ameaçadora ou ofensiva que pode constituir assédio ou causar medo ou angústia".

White não pode assistir a nenhuma partida oficial de futebol durante quatro anos e tem que pagar cerca de 1.500 libras (1.750 euros) em multas e custas judiciais.

Durante a audiência, Diane Lynn, presidente da associação de sobreviventes de Hillsborough, destacou que estes insultos foram particularmente violentos para as pessoas presentes na época no estádio de Hillsborough, que ainda sofrem com o sentimento de "culpa".

A defesa do réu garantiu que ele "se arrependeu profundamente" das suas ações e que admitiu ter "ferido pessoas profundamente".

Na última terça-feira, foi um torcedor do Tottenham que foi banido dos estádios por três anos após ter ridicularizado por gesto o desastre de Hillsborough durante um jogo em Anfield Road, a casa do Liverpool, em 30 de abril.

Daniel Faria

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas