Governo Regional admite impor novas restrições caso o número de infetados e internados aumente

Edna Baptista

Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional, afirmou hoje que as medidas em vigor são para continuar.

No entanto, admitiu que uma alteração no número que internados e infetados na Região poderá obrigar a novas medidas.

“As medidas em vigor vão continuar e até ao momento são suficientes. Se houver alterações no número de infetados e sobretudo no número de internados serão consideradas outras”, disse, revelando que o recente aumento no número de casos positivos na região já era expectável.

“Aliás, esta tendência pode eventualmente subir, porque felizmente estamos a receber milhões de pessoas no aeroporto por dia”, admitiu, recordando ainda a abertura do mercado britânico.

Ainda assim, o governante garante que essa situação não colocará em causa a capacidade e resposta do sistema regional de saúde.

As declarações foram proferidas à margem da inauguração do MAMMA – Museu de Arte Moderna da Madeira, que decorreu esta manhã na Estrada Monumental.