MADEIRA Meteorologia

Candidatura 'Acredita Porto Santo' diz que política de proximidade é prioridade

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
30 Julho 2021
17:20

A candidatura 'Acredita Porto Santo' entregou, hoje, no Tribunal daquela Ilha, a sua Lista de candidatos aos diferentes órgãos locais que concorrem às próximas Eleições Autárquicas. Uma Lista que, conforme destaca o candidato pela coligação PSD/CDS à presidência da Câmara Municipal, Nuno Batista, está disponível, preparada e motivada para servir o Porto Santo e todos os Porto-Santenses, num compromisso que toda a equipa que lidera assume "com seriedade, coragem, determinação e vontade de trabalhar".

Uma equipa que, conforme sublinhou na ocasião, "integra uma vasta e diversificada experiência, respeita a paridade em 50% e se assume aberta à sociedade civil Porto-Santense, ao integrar 40% de candidatos independentes". Isto, acrescenta Nuno Batista, "a par do facto das nossas listas apresentarem mais de dois terços de candidatos com idades entre os 20 e os 40 anos, sendo, por isso mesmo, exemplo de renovação e da aposta na juventude e no futuro melhor que todos projetamos para o nosso Porto Santo".

"Somos, acima de tudo, uma equipa de soluções que se propõe a fazer mais e melhor no presente e para o futuro", vincou.

Reiterando que é seu objetivo assegurar "uma governação de proximidade, que atenda, simultaneamente, aos cidadãos individuais e às instituições e associações locais" e garantindo que é com todos que conta para levar o seu projeto em frente e para garantir que todos possam contribuir, quer o setor público quer privado, para as respostas que faltam ou que importam reforçar no Porto Santo, Nuno Batista assegura que a sua candidatura estará sempre aberta e recetiva "a todos os que, tal como nós, defendem o melhor para esta Ilha e para as suas gentes".

No fundo, explica, "é nosso objetivo colocar o Município ao serviço da população e queremos trabalhar em rede, com todos, num projeto político que não rompe, mas que aprende com o passado".

Candidato que, a este propósito, faz questão de sublinhar que o Porto Santo não pode olhar para o futuro fechado sobre si mesmo e tem de saber tirar partido, das suas diferentes potencialidades, recorrendo a todos os meios para que as populações fiquem a ganhar com uma governação mais ativa, mais cooperante e muito mais próxima.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas