MADEIRA Meteorologia

Legislativas 2024: PPM defendeu o fim das quotas de pesca

Alberto Pita

Jornalista

Data de publicação
20 Fevereiro 2024
20:33

Paulo Brito, do PPM, disse hoje que os pescadores da Madeira têm “muitas razões de queixas”, porque assim que acaba a quota do atum nos mares portugueses, “o pescador passa a ter um subsídio de 25 euros, por dia”.

Para o PPM, os pescadores madeirenses estão a passar de “produtores a consumidores” e, por isso, defende o fim das quotas. “Era preciso dizer a Bruxelas que nós somos donos e senhores dos nossos mares”, atirou.

Miguel Silva, da Alternativa 21, contrapôs que as quotas são para garantir as espécies, mas Paulo Brito, do PPM, respondeu que se assim é “porque é que os espanhóis vêm para cá pescar?”.

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora do Centro de Estudos de Bioética – Pólo Madeira
11/04/2024 08:00

A finitude da vida é um tema que nos confronta com a essência da nossa existência, levando-nos a refletir sobre o significado e o propósito da nossa passagem...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas