MADEIRA Meteorologia

"Isolamento do Porto Santo é a prova absoluta da impotência do Governo Regional"

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
05 Janeiro 2021
16:00

O deputado socialista Miguel Brito defendeu hoje que "o isolamento do Porto Santo em janeiro com ou sem pandemia é a prova absoluta da impotência do Governo Regional na resolução deste problema", em resultado da paragem do navio Lobo Marinho.

Usando da palavra na Assembleia Legislativa da Madeira, esta manhã, o parlamentar observou que a "retórica de Miguel Albuquerque, acompanhado pelo Secretário Regional de Saúde, no Porto Santo, testemunha a falência da governação PSD/CDS nesta ilha, em particular e, na Região, em geral".

"A dimensão profunda da desigualdade económica e social é incapaz de alinhar o presente com o futuro. O crescimento exponencial de casos positivos no Porto Santo são o espelho da incompetência e da propaganda do PSD na Região que num dia afirma que tudo está controlado e, no outro, navega à deriva e remete a responsabilidade do contágio à deslocação das pessoas entre ilhas", acrescentou Miguel Brito.

Para o socialista porto-santense, a visita do presidente do Governo à ilha dourada, no primeiro dia do ano, foi "transformada num espetáculo midiático", onde "repete as mesmas ideias, com as mesmas frases feitas para criar agora, em plena pandemia, outra verdade em que só ele próprio acredita: o isolamento de janeiro como fator de salvação da população do Porto Santo".

O deputado recordou as palavras de Albuquerque, na ocasião, ao afirmar que a necessária paragem do navio Lobo Marinho é uma bênção para o Porto Santo. Afirmação que mereceu duras críticas de Miguel Brito, apontando que esta situação nunca agradou a população residente daquela ilha.

Redação

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas