Violência doméstica leva 73 às urgências

No dia em que se registou a morte de uma idosa, vítima de violência doméstica, em Machico, ficámos a saber que, no ano passado, foram registados 73 casos nas urgências do hospital dr. Nélio Mendonça, dos quais 55 mulheres e 18 homens.

As autoridades estão atentas a esta realidade e, nesse sentido, estão a ser formados médicos e profissionais de Saúde por forma a poderem identificar episódios desta natureza e dar o melhor seguimento. De 22 de maio até 5 de junho, o Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM) arranca com a formação que visa despertar os profissionais para os casos "camuflados" de violência doméstica.

Carla Ribeiro