Bispo muda vários padres

Miguel Silva e Guadalupe Pereira

Além da transferência do padre Marcos Gonçalves para a Sé, também o cónego Manuel Martins deixa a paróquia de Machico para ser responsável por São Matinho. E vai acumular com as questões relacionadas com os bens patrimoniais da Diocese do Funchal.

A nomeação do sacerdote de Machico é mais uma alteração que acaba de ser confirmada pela Diocese. O cónego Manuel Martins, que estava em Machico, volta ao Funchal para ocupar o lugar de pároco em São Martinho, depois da saída de Marcos Gonçalves para a Sé, conforme revelou o JM a meio da tarde de hoje.

Manuel Martins vai também acumular essas funções com as de responsável pelas questões patrimoniais da Diocese do Funchal. Esse trabalho estava nas mãos do cónego Carlos Nunes, pároco de Santo António, mas este terá pedido para ficar apenas com a paróquia.

Sabe também o JM que o cónego Vítor Gomes, que estava na Sé, vai desempenhar as funções de pároco de Santa Cruz.

Da Sé, sai também o padre Ignácio Rodrigues, que será pároco de Santo Amaro.

De acordo com as nomeações que são já do conhecimento do clero, o cónego Manuel Ramos deixa a paróquia de Santa Rita e Santo Amaro e vai para Machico, concelho de onde é natural.

A mesma lista assinada por Nuno Brás designa como pároco da Vitória o jovem padre Marco Abreu, ordenado no ano passado. Aparentemente continua a ser o capelão das Forças Armadas.

Dos Canhas, sai o padre António Paulo Sousa, que é transferido para a Assomada e Achadas de Gaula.

Em Câmara de Lobos, João Humberto Mendonça deixa a paróquia do Garachico e é transferido para os Canhas e Carvalhal.

As paróquias do Garachico e Jardim da Serra passam a ficar sob a responsabilidade do padre Rui Daniel Silva.

Ainda em Câmara de Lobos, o sacerdote Marcos Pinto passa a acumular a paróquia do Carmo com a de Câmara de Lobos, enquanto o padre Duarte Gomes volta a mudar, saindo de Santa Cecília para liderar as paróquias de Ponta Delgada, Boaventura e Fajã do Penedo.

O decreto do bispo do Funchal transfere também Élio Gonçalves para o Caniçal, enquanto Paulo Sérgio Silva vai para Santa Cecília.

A mesma lista, que acaba de ser divulgada, indica que o padre Eleutério Ornelas vai ser vigário paroquial do Carmo e Câmara de Lobos, enquanto Fernando Gonçalves, é nomeado administrador paroquial da paróquia dos Romeiros, no Monte.

O padre Manuel Neves deixa Câmara de Lobos e passa a ser capelão das irmãs Clarissas e das irmãs Franciscanas.

São também dispensados, por razões que se prendem com a idade, o cónego Agostinho Rafael Carvalho, de Santa Cruz, e o padre José Vieira Pereira, pároco do Caniçal.