Padre Marcos nomeado para a Sé do Funchal

Miguel Silva e Guadalupe Pereira

O cónego Marcos Gonçalves, 44 anos, acaba de ser transferido de São Martinho para as funções de pároco da Sé.

Marcos Gonçalves é conhecido pela sua retórica que tem feito encher as missas da igreja de São Martinho. Já esteve na igreja do Colégio e tem sido o responsavel pelo gabinete de comunicação da Diocese do Funchal.

Com a chegada do bispo Nuno Brás, Marcos Gonçalves manteve e reforçou a sua presença na Diocese, o que é agora confirmado com a passagem para o principal templo da Igreja Católica na Madeira.

Ordenado a 26 de julho de 2003, Marcos Gonçalves foi elevado a cónego no ano passado, a 18 de outubro.

Durante o tempo em que esteve na igreja de São Martinho, Marcos Gonçalves editou dois livros. Um por ocasião do centeário da igreja, outro em banda desenhada sobre a história de São Martinho. Deixa também um conjunto de obras de requalificação, nomeadamente na torre sineira.

A nomeação para a Sé foi confirmada esta tarde durante a habitual missa vespertina, conforme soube o JM. Na mesma ocasião foi comunicado aos fiéis que o novo pároco de São Martinho é o cónego Manuel Martins, que vem de Machico.