Papa encoraja Igreja a atender às necessidades e pedidos de ajuda da sociedade

O papa Francisco encorajou hoje a Igreja a superar a "velha lógica da oposição" e a atender às necessidades e a "pedir ajuda" da sociedade, na missa de agradecimento pelo ano, realizada na Basílica de São Pedro.

Segundo reportou a agência Efe, dirigindo-se aos cardeais, arcebispos e fiéis, o papa lembrou a mensagem de Cristo: "Ele (Deus) confiou-nos a sua palavra e nos encoraja a mergulhar na missa, a envolvermo-nos na comunhão e no relacionamento com os habitantes da cidade, para que sua mensagem seja partilhada" por todos.

"Somos chamados a encontrar os outros e a ouvir o seu pedido de ajuda. Ouvir já é um ato de amor. Ter tempo para os outros, dialogar, reconhecer com olhar contemplativo a presença e a ação de Deus em suas vidas", disse o santo padre.

O papa adiantou que esse "serviço de amor" serve para "mudar a realidade" no mundo e dentro dos muros do catolicismo.

"Atuando dessa maneira, na cidade e também na Igreja circula um novo ar (...)superando a velha lógica de contraste e obstáculos para colaborar na construção de uma cidade mais justa e fraterna", salientou.

O papa Francisco encorajou os prelados dizendo ainda: "Não devemos ter medo ou de nos sentirmos inaptos para uma missão tão importante", porque Deus escolhe seus servos "porque eles são e se sentem pequenos".

Na véspera da solenidade de Maria Santíssima Mãe de Deus, em que tradicionalmente é feito o equilíbrio e o agradecimento pelo ano que termina, o papa prestou especial atenção à cidade de Roma, da qual é bispo.