Papa Francisco pede a Lula para não desanimar

O Papa Francisco enviou recentemente uma carta ao ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso em Curitiba desde abril do ano passado.

Segundo a imprensa brasileira, o texto é uma resposta a uma carta previamente enviada por Lula que agradeceu o apoio que o Sumo Pontífice “tem demonstrado ao povo brasileiro pela justiça e pelos mais pobres”.

Assim, o Papa agradece a mensagem recebida e afirma que "a responsabilidade política constitui um desafio permanente para todos aqueles que recebem o mandato de servir o seu país".

Jorge Bergoglio manifesta ainda o seu pesar pelas “duras provas” pelas quais Lula tem passado, designadamente pela morte da sua esposa, irmão e neto de 7 anos, pedindo-lhe para “não desanimar e continuar confiando em Deus”.

“Estou convencido de que a política pode tornar-se ma forma eminente de caridade, se for implementada no respeito pela vida, a liberdade e a dignidade das pessoas”, escreveu o Papa.

“Peço-lhe que não deixe de rezar por mim”, acrescentou.