Vídeo mostra a Procissão de Ressurreição do Senhor no Funchal

Cláudia Ornelas

Às 10h45 a procissão partiu da Sé, passou pelo Largo D. Manuel e percorreu a Avenida Arriaga. Regressou à Catedral do Funchal pelas 11 horas.

A paróquia esteve cheia e por lá estiveram fiéis de todas as idades, homens e mulheres de variadas nacionalidades. D. Nuno Brás falou em português, inglês, francês, italiano e espanhol e disse: “Para nós cristãos, é um dever anunciar a Páscoa de Jesus. Porque a nós foi-nos dada a graça de viver neste horizonte de vida”. E prosseguiu: “Temos o dever de a anunciar, de a testemunhar, de a mostrar a todos os demais, crentes e não crentes”.

“Essa é a missão que Deus nos confia”, acrescentou. “Confia em nós para darmos a conhecer a todos, para que de todos seja conhecida esta Boa Notícia: Cristo ressuscitou; com Ele a morte foi vencida; e nele também nós a podemos vencer”, concluiu.