Bispo do Funchal despede-se dos consagrados da Diocese

Sofia Lacerda/Flávio Matta

O bispo do Funchal, D. António Carrilho despediu-se, este sábado, dos consagrados da Diocese. Foi durante a homilia do dia do Consagrado, celebrada por ocasião da Festa da Apresentação da Senhor, que decorreu na Sé do Funchal, onde referiu que está prestes “a acolher e a confiar o báculo do Ministério Episcopal ao meu sucessor, D. Nuno Brás”.

“Como bispo responsável da Diocese, este será o meu último encontro, com vós que estais aqui presentes”, assinalou.

Nesse sentido, fez questão de reafirmar o seu “apreço pelas vocações de especial consagração e de agradecer a presença, a oração e a ação pastoral de todas as congregações religiosas e institutos de vida consagrada nesta Diocese do Funchal”.

Lembrou ainda “aqueles que, por quaisquer razões, não puderam permanecer entre nós com as suas comunidades e trabalhos”.

“Rezo por todos e peço que também rezem por mim, com quem podereis sempre contar”, assegurou.

Recorde-se que D. António Carrilho passa o testemunho dentro de duas semanas a D. Nuno Brás. A Diocese prepara a tomada de posse, agendada para o dia 17 de fevereiro, às 16 horas.