Papa Francisco destaca capacidade de união e inclusão do desporto

Lusa

O papa Francisco afirmou hoje que o desporto pode construir pontes entre países em conflito e ser uma escola de inclusão, usando como exemplo os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno PyeongChang2018.

No final da habitual audiência semanal, Francisco referiu que os Jogos Olímpicos de Inverno, que terminaram em 25 de fevereiro, mostraram “que o desporto pode juntar países em conflito”, uma vez que o evento aproximou as duas Coreias, divididas há mais de meio século.

O papa referiu-se também aos Jogos Paralímpicos de Inverno, que começam na sexta-feira, afirmando que “o desporto permite superar deficiências”.

“Os atletas paralímpicos são para todos um exemplo de valor, de esforço, de capacidade, de capacidade de superação de dificuldades. Por isso, o desporto surge como uma escola de inclusão, de inspiração e de compromisso na transformação da sociedade”, disse.