Bispo do Funchal mantém a dúvida do padre Giselo Andrade continuar no Monte

Alberto Pita

A questão do padre Giselo Andrade permanecer na Paróquia do Monte ainda não está fechada, esclareceu hoje D. António Carrilho, no final da cerimónia do crisma de um grupo de jovens na Paróquia do Livramento.

Segundo D. António Carrilho, as nomeações que foram noticiadas hoje não incluíam o caso do padre Giselo Andrade, o que não significa que não venha a acontecer no futuro, uma vez que, para já, foram produzidas apenas as nomeações que tinham urgência, mas haverá outras ainda por fazer. Com efeito, o assunto do padre do Monte ainda está a ser objeto de reflexão.

"A questão não está encerrada", porque a padre, a Diocese e "como o papa Francisco também testemunhou", "o que nós procuramos fazer é um discernimento, que é progressivo e pode ser um pouco lento, mas que é num diálogo franco e aberto entre o sacerdote e o bispo e o bispo e o sacerdote", revelou.