“Fazemos Fátima aqui”, afirma o bispo do Funchal

Agência Ecclesia

O bispo do Funchal disse à Agência Ecclesia que, diante da dificuldade em peregrinar ao Santuário de Fátima, os madeirenses recriam o ambiente da Cova da Iria no arquipélago.

“Como é mais difícil aos madeirenses ir a Fátima, fazemos Fátima aqui, seja nesta paróquia, seja no Santuário de Nossa Senhora de Fátima, no Cabo Girão, onde estiveram centenas e pessoas”, disse D. Nuno Brás à Agência ECCLESIA no fim da Procissão das Velas realizada na Paróquia de Fátima, com início e conclusão no Colégio dos Salesianos, no Funchal.

Em cada ano, a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, no Funchal, e o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, no Cabo Girão (Câmara de Lobos) assinalam as Aparições de Nossa Senhora, em Fátima, com uma Procissão das Velas, no dia 12 de maio, que acontece também em muitas paróquias da diocese.

“Nossa Senhora está muito no coração dos madeirenses: Senhora do Monte e também obviamente Senhora de Fátima”, afirmou D. Nuno Brás.

As celebrações no santuário Mariano do Cabo Girão contaram este ano com a presença dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude, a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora, que estão em peregrinação na Diocese do Funchal ao longo deste mês.

O bispo do Funchal referiu também que a procissão realizada na noite do dia 12 de maio deste ano foi o “retomar” das “celebrações normais” deste mês, após não ter sido realizada durante os últimos anos por causa da pandemia.

“Foi um regresso à casa da Mãe, depois de estarmos impedidos durante estes anos. Foi um retomar do que são as celebrações normais”, afirmou.

Durante os últimos três anos, a Procissão das Velas não se realizou com a participação dos crentes, que ficaram nas suas caras e a imagem de Nossa Senhora “passava pelas ruas”.

“Este é um dia que reúne muitos fiéis: da Paróquia de Fátima, toda a comunidade do Colégio Salesiano e também muita gente do Funchal e de outros sítios, que vêm participar nesta Procissão das Velas”, afirmou Nuno Brás.

Participaram também na Procissão das Velas o presidente da Assembleia Regional da Madeira, José Manuel Rodrigues, o secretário regional da Educação, Jorge Carvalho, e o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Pedro Calado; o andor de Nossa Senhora de Fátima foi transportado pelos Bombeiros Sapadores do Funchal.

Esta sexta-feira, dia 13 de maio, D. Nuno Brás preside também a uma Procissão das Velas, na baixa da Cidade do Funchal, a partir da Sé diocesana.