Diocese de Leiria reúne mil alunos da catequese em Fátima

Lusa

Perto de um milhar de jovens vão participar, no próximo sábado, em Fátima, no Encontro Diocesano de Adolescentes (ENDIAD), promovido pelo Serviço de Catequese da Diocese de Leiria-Fátima, com os olhos postos na Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023.

Segundo o padre José Henrique Pedrosa, que dirige o setor da catequese na diocese de Leiria-Fátima, esta atividade está projetada para os alunos do 7.º ao 10.º ano de catequese, tendo em conta a proposta para a catequese da adolescência enquadrada na preparação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) a realizar em Lisboa em 2023.

Assim, a atividade a decorrer no sábado no Santuário de Fátima, “está pensada numa perspetiva de fazer o lançamento para a JMJ”, informa uma nota publicada na página da diocese na internet.

Os objetivos para o ENDIAD são, “para além do sentido da fé, do encontro e do convívio”, ter em atenção a “temática que permite fazer uma caminhada dentro do próprio grupo, num ambiente diferente”, sendo o tema “Dispostos ao Sim”, estando enquadrado em episódios do evangelho onde Maria tem uma presença ativa.

“Durante a manhã, as atividades serão realizadas autonomamente por cada grupo de participantes e obrigará ao recurso de tecnologia, nomeadamente dispositivos móveis, para a leitura de códigos QR localizados em oito pontos diferentes do recinto do Santuário. À tarde, o sentido é redirecionado para a JMJ: os grupos passarão por cinco postos entre o Centro Pastoral Paulo VI e a casa de São Bento de Labre”, adianta a nota.

O programa da atividade, que contempla uma missa presidida pelo bispo de Leiria-Fátima, José Ornelas, termina às 17:00, no Centro pastoral Paulo VI.

A última edição do ENDIAD foi realizada há dois anos, abrangendo os jovens a frequentar o 9.º e o 10. Da catequese, contando com 77 grupos inscritos, compostos por 580 jovens. Nesse ano, acabou por ser cancelada a edição para o 7.º e 8.º anos, por coincidir com a proibição de circulação entre concelhos devido à pandemia de covid-19.

Este ano, estão inscritos, além dos perto de mil jovens, cerca de 200 catequistas, correspondentes a 116 grupos provenientes de mais de metade das paróquias da diocese.