Padroeira da Venezuela celebrada na Sé

Guadalupe Pereira

Hoje, dia 11 de setembro, é dia de Nossa Senhora do Coromoto, padroeira da Venezuela.

Na catedral diocesana, às 18h00, começa a missa solene presidida pelo cónego Marcos Gonçalves, solenizada pelo grupo ‘Tradiciones’.
Neste momento, já se entoam os cânticos em louvor a Senhora do Coromoto e aguarda- se a chegada da imagem de Nossa senhora em procissão.
Neste dia, e um pouco por todo o mundo, os venezuelanos e emigrantes estão a celebrar a sua padroeira, homenageando-a nas localidades onde vivem atualmente.
Recorde-se que a imagem que está na igreja da Sé, foi trazida da Venezuela por uma devota da Virgem do Coromoto, Maria Abreu, inicialmente, esteve na paróquia de São Martinho.

A Virgem apareceu aos índios de origem Coromoto, no ano de 1652, que moravam na região de Guanare, convidando-os a se converterem ao cristianismo.