Diocese vai caracterizar cristãos e práticas nas missas

A Diocese do Funchal divulgou ontem um extenso e ambicioso programa pastoral para cumprir ainda este ano e no próximo. O documento inclui um enquadramento com dados genéricos, nomeadamente as referências à pandemia que também se fizeram sentir na comunidade católica.

Porém, a parte final reserva um espaço generoso para “algumas iniciativas” a que se propõe a Diocese a cargo do bispo Nuno Brás. Entre essas iniciativas, foram elencadas 18 ações a desenvolver num prazo relativamente curto, uma vez que o plano é para 2020/2021.

Descubra mais na pág. 23 da edição impressa de hoje do JM.