Miguel Albuquerque considera que fundos do PRODERAM estão a ser bem aproveitados

Numa visita de Miguel Albuquerque a um projeto florestal privado no Montado das Rabaças, na Ponta do Sol, onde decorre, com apoios do PRODERAM e da Região, a recuperação florestal de uma área com 300 hectares, o presidente do Governo Regional afirma que os fundos provenientes da PRODERAM estão a ser bem aproveitados.

“Eu acho que nós estamos a aproveitar muito bem os fundos do PRODERAM quer no apoio à agricultura mas também na reflorestação e reconversão das áreas ardidas”, começa por dizer o governante.

Relativamente à área no Montado das Rabaças que ardeu nos incêndios de 2016, Miguel Albuquerque aponta a importância deste investimento após a devastação que deu aso à proliferação das infestantes.“Este projeto vem juntar o útil ao agradável porque por um lado fazemos a conversão e a reflorestação de toda esta área, criamos depois as infraestruturas de prevenção e proteção dos incêndios, os poços, as ligações de água, os caminhos florestais e, em terceiro lugar, criamos também uma nova zona que é aberta à população para a educação ambiental”, refere.

A questão central, no seu ponto de vista, é alertar e sensibilizar a população para o investimento que está a ser efetuado naquela zona. “Estamos a falar de uma área de 3 milhões de metros quadrados. Uma área que será totalmente reconvertida em consonância com aquilo que pretendemos”.