Acordo de boa conduta facilita resolução de dúvidas e conflitos na área das comunicações

Carla Ribeiro

A Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, através do Serviço de Defesa do Consumidor e a Meo-Serviços de Comunicações e Multimédia, estabeleceram, ao início desta tarde, um acordo de boa conduta.

Através do mesmo, pretende-se "manter uma relação de confiança e de respeito recíproco, disponibilizando-se a colaborar de forma equilibrada e harmoniosa nas áreas específicas de mútuo interesse". Além disso é assumida a mediação como meio extrajudicial privilegiado para resolver eventuais conflitos que possam surgir entre os consumidores da Região e a MEO. Por outro lado, é também intenção estabelecer uma linha telefónica prioritária, permitindo aos técnicos do SDC contactar a MEO em caso de dúvidas sucitadas no âmbito de algum processo que se encontra a decorrer.A secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais recordou que 70% das queixas apresentadas no Serviço de Defesa do Consumidor estão relacionadas com as comunicações e partem, sobretudo, dos menos jovens.

Efetivamente, "a nossa relação com o mundo, com uma diáspora espalhada pelos cinco continentes e uma atividade turística na primeira linha da nossa economia, confirmam não ser exagerado afirmar que as comunicações eletrónicas integram, em sentido figurado, uma verdadeira ponte que nos une e liga a todos neste mundo global", acrescenta a secretária regional Rubina Leal.