Porto Santo assume-se como a principal escolha dos madeirenses este verão (com fotos)

JM

Com o fim do condicionamento nas viagens inter-ilhas e com o desaconselhamento das autoridades de saúde em viajar para fora da região, o Porto Santo tem sido a escolha de muitos madeirenses para desfrutar de alguns dias de descanso.

A maioria é atraída não só pela tranquilidade da ilha, mas sobretudo pelo seu ex-libris, o extenso areal de 9km. Ainda assim, na manhã desta terça-feira, o areal encontrava-se com pouca afluência de banhistas que maioritariamente preferem o horário vespertino para se deslocar à praia. Apesar de neste verão atípico o mercado regional estar em alta na Ilha Dourada, o mesmo não acontece com os mercados nacionais e internacionais praticamente inexistentes nesta altura.
A ausência, por estes dias, de turistas provenientes de Portugal continental e de outros países tem também impacto direto no número de banhistas presentes no areal. Ao JM, alguns locais afirmaram que “os turistas madeirenses assumem mais do que nunca um papel determinante para que se possa colmatar a ausência de outros mercados importantes na economia da ilha.”
Considerando que a ilha do Porto Santo vive essencialmente do turismo, os comerciantes porto-santenses aguardam com alguma expetativa o desenrolar do verão.
Atualmente, a única certeza reside essencialmente no mercado regional. Recorde-se que de acordo com a Comissão Europeia e a revista Forbes a praia do Porto Santo é considerada a quarta mais segura na Europa.