Bispo do Funchal preside a missa em homenagem a Mário Tavares

D. Nuno Brás preside amanhã, pelas 18 horas, na Igreja Paroquial de São Tiago, na Freguesia do Jardim da Serra, a uma Missa em Ação de Graças pelo Padre Mário Tavares Figueira.

No Final da cerimónia, haverá um momento de poesia, durante o qual serão ditos, por membros da comunidade paroquial, alguns poemas da autoria de José Gomes Ferreira, Sebastião da Gama e Geraldo Vandré.

“Estes textos expressam mensagens muito próximas e, nalguns casos até coincidentes, com o modo de pensar e com a ação que o padre Mário Tavares teve ao longo da sua vida, quer como capelão militar, como professor, como deputado, como empreendedor social, quer como sacerdote”, explica a comissão organizadora desta iniciativa.

Recorde-se que Mário Tavares faleceu no passado dia 6 de junho, com 85 anos de idade. Enquanto sacerdote, foi pároco de diversas Comunidades Paroquiais na Diocese do Funchal. Contudo, aquela onde passou mais tempo foi a paróquia de SãoTiago, onde trabalhou durante 23 anos (1969-1992), tendo dinamizado o grupo de Cidadãos Eleitores que esteve na base da elevação do Jardim da Serra à categoria de freguesia.

Amanhã, o Jardim da Serra recorda a sua luta pela extinção da colonia, pela defesa dos direitos das bordadeiras, incluindo o direito à reforma, a fundação da Cooperativa Liberdade, a criação do grupo de teatro, do jornalinho Jardim da Serra e a construção de uma escola de raiz.