Jardim diz que a China eliminou o médico que alertou para o vírus

Carla Ribeiro

Alberto João Jardim diz que a China eliminou o médico que alertou para o vírus. Quando aquele país começou a combater a pandemia vê-lo num laboratório militar, o que quer dizer que estava claramente a trabalhar em projetos de guerra bacteriológica.

Apesar de não achar que esta fuga foi propositada, Jardim acha que a República Popular da China foi o principal infrator nesta questão da pandemia. Mesmo que sem querer.

O ex-chefe do Executivo madeirense criticou a posição da UE e disse que a pandemia ensinou as pessoas a pensarem mais responsavelmente pela vida.