Jardim inaugura amanhã 'Centro das Conversas' no La Vie

Redação

O JM, a 88.8 JM/FM e o La Vie Funchal vão dar início a um projeto intitulado ‘Centro das Conversas’, que terá uma periodicidade mensal.

O primeiro convidado será Alberto João Jardim, ex-presidente do Governo Regional, que protagonizará uma conversa que já tem hora e dia marcado: 3 de julho, às 17h30.
A iniciativa pretende reunir diversas personalidades de diferentes áreas de intervenção e insere-se, como refere a administração do espaço comercial em nota enviada à nossa redação, na “nova normalidade” que foi reconquistada após a paralisação advinda da covid-19. “A habitual inovação na agenda de eventos” do ‘shopping’, surge agora em “parceria com o JM e com a Estação Radiofónica 88.8 que se assumem como media partners”, num contexto em formato de conversa/tertúlia, que pretende incidir sobre temas atuais e oportunos para a Região.
Esta iniciativa compreende também um pendor solidário, assumida pela administração do La Vie Funchal, que fez questão de “considerar mais uma vez a sua responsabilidade social”, convidando cada um dos entrevistados a “selecionar uma IPSS com mérito reconhecido e atividade em curso para ser agraciada com um donativo patrocinado pelo centro comercial”.
Como referido, Alberto João Jardim é o primeiro entrevistado. E o arranque da iniciativa será também apadrinhado pelo diretor do JM, Agostinho Silva, que conduzirá a conversa com o antigo governante.
Quem não tiver oportunidade de estar presente no La Vie Funchal, poderá acompanhar todas as incidências do ‘Centro das Conversas’ através da transmissão em direto pelo canal ‘Na Minha Terra TV, nas plataformas digitais do JM e 88.8 JM/FM e nas redes sociais do centro comercial. A responsabilidade de convidar o público presente, cumprindo todas as normas de segurança, ficará a cabo da Widerproperty.
No comunicado, o La Vie Funchal vinca que “continuará a garantir o compromisso de desconfinamento gradual e seguro, contribuindo desta forma para manter a imagem exemplar que a Região alcançou no panorama internacional, que sem dúvida se irá refletir como uma mais-valia para continuarmos a ser um destino privilegiado e premiado”.