Guerra de médicos obriga a nova mudança no SESARAM

Edmar Fernandes

Durou cerca de meio ano a liderança da médica Manuela Lélis no serviço de Medicina Interna do SESARAM.

A médica não terá resistido ao facto de ter sido nomeada para o cargo pelo CDS, mas já está indicado o seu sucessor, um dos quatro médicos em condições de desempenhar a função, por sinal, António Chaves Teixeira.

Recorde-se que, tal como o JM referiu na edição de domingo, o ambiente no hospital continua crispado. A Ordem dos Médicos já pediu explicações ao SESARAM e a própria Direção Clínica colocou o lugar à disposição.