easyJet anuncia retoma de voos de e para o Funchal

A easyJet anuncia que vai voar até três quartos da sua rede de rotas habitual nos meses de julho e agosto, onde se inclui a Madeira. Para coincidir com o arranque em massa de voos, a companhia aérea lança a maior venda de sempre, com mais de um milhão de lugares para destinos de férias em toda a Europa, por apenas 29,99€, para viagens entre 1 de julho e 31 de outubro de 2020.

A easyJet planeia voar 50% das suas 1022 rotas em julho e 75% em agosto, embora com uma frequência mais baixa de voos equivalente a cerca de 30% da capacidade normal de julho a setembro.

A easyJet operará 50 destinos, em julho, e 59, em agosto, de e para Portugal, a partir de seus 4 principais aeroportos (Lisboa, Porto, Faro e Funchal). Haverá menos frequências de voos em oferta, no entanto, a easyJet prevê que voará cerca de 78% e 92% das rotas que servem Portugal nestes dois meses de verão. Servindo Portugal de norte a sul por igual, a easyJet reforça ainda mais a sua posição como companhia verdadeiramente nacional, que nestes tempos difíceis continua a dar Portugal a conhecer ao mundo e a permitir aos Portugueses voarem em segurança e a preços acessíveis.

"Temos o prazer de anunciar que vamos viajar para a maior parte das nossas rotas pela Europa, o que significa que os clientes ainda podem chegar ao destino escolhido para as férias de verão deste ano. O nosso principal objetivo é ajudar os nossos clientes a voltarem a voar, e é por isso que oferecemos um milhão de lugares por 29,99€ para aqueles que planeiam reservar férias este verão. As restrições de viagens estão a ser levantadas e a procura está a começar a retornar, portanto não há melhor momento para lançarmos esta campanha", afirmou José Lopes, diretor geral da easyJet Portugal.