Piscina de São Pedro ( Santa Cruz) vai a audiência de interessados

Carla Ribeiro

Quando o calor aperta, o problema volta a ser assinalado. Quer presencialmente, quer nas redes sociais. A piscina de São Pedro, que já existia mas foi melhorada, começa a ser alvo de disputas que levam a discussões constantes.

Mas vamos por partes. A denominada piscina de São Pedro, que já existia há muitos anos e que era utilizada por toda a população, foi alvo de melhoramentos por parte de um homem que, segundo a Câmara Municipal de Santa Cruz, não é o proprietário do terreno onde a mesma foi 'erguida'. Ainda assim, o proprietário do terreno, que não nos foi identificado, nunca reclamou pela ocupação feita. Quem passa a vida a reclamar, sobretudo quando o calor aperta, são os habituais 'clientes' do espaço que, segundo denunciam, quem recuperou a pisicina está a impedir que toda a gente tenha usufruto do espaço de lazer. Ontem, leu-se no Facebook, por parte de uma alegada utente daquele espaço, que iria ser feita uma denúncia à Câmara Municipal de Santa Cruz. A Autarquia confirma que houve um contacto via messenger mas lembra que este problema já vem de longe. As obras na piscina já existente foram feitas num terreno de domínio da orla marítima. Contudo, o terreno tem dono, segundo Filipe Sousa. Mas o dono não se manifestou ainda contra as referidas obras que foram feitas na clandestinidade. E porque foram feitas sem autorização da Autarquia, quem as fez já pagou duas multas. No entanto, a polémica continua pelo que o Município vai promover uma audiência de interessados, chamando à Câmara todos os proprietários daquele e de outros terrenos em redor da piscina.