Doze dos 30 que chegaram hoje à Madeira apresentaram teste e/ou declaração sanitária

Doze dos 30 que hoje que chegaram à Madeira, não foram para isolamento no hotel Vila Galé, em Santa Cruz. Ou apresentaram teste negativo feito à covid-19 ou apresentaram declaração sanitária.

A maioria dos que aterraram no Aeroporto Internacional da Madeira-Cristiano Ronaldo era estudante. Alguns familiares foram 'acenar' aos jovens que iriam cumprir quarentena no hotel. Falámos com a mãe de um estudante em Coimbra, a qual, embora sem querer se identificar, nos disse que o jovem viveu o período mais tenso da pandemia de uma forma calma, cumprindo com todas as regras que eram emanadas pela Direção-Geral de Saúde. Agora, que conseguiu viagem para a Madeira, decidiu vir para perto dos seus para estudar e realizar os exames.