Horário da restauração gera confusão e queixas na Região

Os empresários da restauração criticam o facto de a PSP obrigar a fechar os estabelecimentos a partir das 23 horas, ao contrário do que havia indicado o Governo regional. Contactada pelo JM, a ARAE admite existir uma omissão sobre o horário de funcionamento e já pediu esclarecimentos. Até lá, a polícia vai seguir o que está previsto para o País. Esta é a notícia que faz hoje a manchete do JM.

A Madeira mergulha no desconfinamento. Foram muitos os madeirenses que aproveitaram o tempo quente para encher ontem as praias da Região. O calor intenso continua este fim de semana a ser convidativo para banhos e a ‘acelerar’ o regresso à normalidade, mas com restrições.

Na educação, as escolas estão sem critérios uniformes na avaliação do ensino à distância.

No turismo, Eduardo Jesus promete testes rápidos aos turistas e sem filas.

Saiba também que os reclusos voltam à cadeia. A licença de saída extraordinária concedida em tempo de pandemia termina para a semana.

Ao nível da Segurança Social leia sobre o Fundo de Emergência Social de 5 milhões gerido por 16 instituições.

O imóvel da antiga MATA está à venda por 1,7 milhões de euros.

Na Calheta, o ‘Lookall’ marcou arranque da reabertura gradual do grupo Savoy.

Leia mais sobre este e outros assuntos na edição impressa deste sábado do seu JM.