CMF garante que "a Cultura vai continuar a unir os funchalenses em maio"

Redação

A Câmara Municipal do Funchal apresentou, em abril, a iniciativa "A Cultura que nos Une", uma série de eventos e iniciativas para serem usufruídos pelos funchalenses na sua própria casa, enquanto durar o confinamento. Por ter sido um "sucesso", vai prolongar-se no mês de maio nas redes sociais camarárias.

De acordo com o presidente, Miguel Silva Gouveia, "o feedback que tivemos das pessoas desde a primeira hora foi excelente. Criámos um programa alternativo com bastante qualidade, a dar palco aos artistas regionais, com destaque para os concertos em direto, mas com a preocupação de apresentar atividades de uma forma integrada para os diversos públicos e em todos os campos culturais em que a Autarquia se move. É por isso que o programa inclui ainda teatro, dança, tertúlias, documentários e oficinas criativas e de artes plásticas, a decorrerem sucessivamente nos nossos múltiplos canais".

“São iniciativas transversais e o facto de parte delas ser em direto estimula a adesão e a interação do público, à semelhança do que temos assistido de forma generalizada um pouco por toda a parte. É uma fórmula que resulta e na qual continuaremos a apostar, garantindo outra coisa que é fundamental neste momento, que é a sustentabilidade dos nossos artistas, porque todos estes trabalhos são pagos", sustentou o edil.

O destaque da programação são os concertos em direto a partir de espaços municipais de referência, que são transmitidos no facebook e instagram oficiais da Câmara Municipal do Funchal. O próximo está marcado para dia 8 de maio, contando com Cristiana Barbosa e Vitor Abreu para uma atuação na sala da Assembleia Municipal, enquanto no dia 22, será a vez de Sofia Ferreira e Pedro Marques abrilhantarem o incontornável Mercado dos Lavradores.

Na página do Teatro Baltazar Dias decorrerão, por sua vez, oficinas criativas em direto, com nomes como Mariana Camacho, Miguel Pires, Gonçalo Caboz e Rui e Helena Camacho. Nas páginas dos museus destaca-se, no dia 15 de maio, a conversa "Museus em Reinvenção", com a Vereadora da Cultura na CMF, Madalena Nunes, e um painel que inclui ainda Esmeralda Lourenço, Diogo Goes, Márcia Sousa, Lídia Gois e Raquel Fraga, bem como um concerto da Orchestra-Quartet, a 24 de maio. Finalmente, a componente literatura será assegurada pelo facebook da Biblioteca Municipal do Funchal, com contos diários e oficinas de escrita, entre outros.

“Os tempos que correm exigem que sejamos cada vez mais criativos na procura de novas soluções, mas defendendo sempre valores que para nós são essenciais, como a democratização no acesso à cultura, enquanto bem essencial, e a valorização dos artistas regionais e do nosso património. É isso que continuaremos a fazer com proximidade, partilha e uma cultura comum que nos une", conclui o presidente.